5.4.08

the lovebirds (bruno de almeida)




para quem pensa que o cinema feito em portugal é um cinema demasiado intelectualizado e teatral, recomendo vivamente the lovebirds, o último filme de bruno de almeida. sem recorrer ao habitual (mas perigoso) mundo do subsídio, bruno de almeida realiza uma obra que transpira amor e suor em todos os seus poros. a maior parte dos seus colaboradores habituais estão lá: michael imperioli, drena de niro, john ventimiglia, mas também ana padrão, rogério samora, fernando lopes (numa actuação memorável), etc. o drama da cidade de lisboa visto pelos olhos dos lisboetas e dos estrangeiros que cá vivem. a visão de um português que vive no estrangeiro ou de um estrangeiro que, por acaso das circunstâncias, nasceu em portugal.

e isso é patente nesta obra. tão portuguesa mas, ao mesmo tempo, tão estrangeira. os planos escolhidos, as falas, as expressões, o modo como as cenas se cruzam revelam um realizador que aprendeu dos dois lados, que morou lá fora e que trouxe para o cinema português o melhor que a américa, cinematograficamente, nos oferece.

um dos melhores filmes portugueses dos últimos anos. certamente.

jorge vicente



(imagens de the lovebirds, de bruno de almeida)

2 comentários:

A Mesa de Luz disse...

Ainda bem que gostaste! Eu também gostei bastante... Um beijinho, Ana

Bandida disse...

para ver...