23.9.09

a noite abrir-nos-á



(fotografia de ryan mcginley, "sean (inside heart)", 2008/2009)


23.

a glande abre o corpo
no suspiro do órgão:
vertente vermelha do desejo.

jorge vicente

4 comentários:

Arabica disse...

Como boca sedenta de paixão.

Efigênia Coutinho disse...

a glande abre o corpo
no suspiro do órgão:
vertente vermelha do desejo.

jorge vicente

com pouco você fez uma apoteose poética, adorei.
Passa na minha casinha, tem um convite especial para você , e seus amigos,
Efigênia

jorge vicente disse...

vertente vermelha da paixão! :)

jorge vicente disse...

obrigado, querida efigênia!

grande abraço de portugal!
jorge