23.8.09

ishi, karma e reencarnação




a primeira vez que tive contacto com ishi foi através do seu livro sexo tântrico, publicado pela colares editora em 2002. não o cheguei a comprar, mas despertou-me a atenção até porque a problemática do sexo tântrico estava a ser massificada até ao exagero nos jornais-tablóides nacionais. o livro de ishi parecia-me escrito por um oriental ou, pelo menos, por alguém profundamente influenciado pela verdadeira cultura oriental. anos mais tarde, comprei este karma e reencarnação, mas nessa altura já conhecia razoavelmente bem o trabalho de ishi embora nunca tivesse desenvolvido nenhuma actividade com ele.

ishi é (foi?) o responsável pela academia satsanga, uma das inúmeras academias/escolas de consciência desenvolvidas um pouco por todo o país. de acordo com o site, é "um encontro eclético entre o budismo e a moderna neurociência, de uma forma simples e acessível" (1). nela, desenvolvem-se várias práticas entre as quais: lama Yoga, treino psíquico e desenvolvimento emocional, meditação pura e meditação satsanga.

o livro de ishi, karma e reencarnação é, assim, o produto de um estudo muito profundo sobre toda a filosofia taoísta, budista, sobre o karma e sobre o fenómeno da reencarnação. não tem nem pode ter a profundidade filosófica de um estudo budista, mas é dos melhores que se pode arranjar sobre o tema, escrito por um português. é profundamente maduro, inteligente e perspicaz, até mesmo na crítica que faz a certos aspectos do budismo ou do taoísmo que estão profundamente enraízados na cultura oriental, mas que não se aplicam à nossa cultura, mais voltada para fora, para a vida activa. ou seja, para um povo que não consegue entender a pureza dos ventos dos himalaias.´

jorge vicente




(1) Site da Academia Satsanga [Em Linha]. [Consult. 29. Jun. 2009 04.17] Disponível em WWW: http://ishi.no.sapo.pt/academia.htm

4 comentários:

Arabica disse...

Obrigada, Jorge.
Parece-me de facto interessante "a leitura" da leitura de um português sobre essa temática.

Um abraço meu.

jorge vicente disse...

a leitura da leitura.

um beijinho, vanda!
jorge

Francisco Amaral disse...

Querido Jorge

Obrigado pelas simpáticas e elogiosas palavras.

Esse livro foi escrito de forma muito sincera acompanhada de muita experiência pessoal e alguma investigação, para ser um todo coerente.

Descobri esta tua página à procura do livro na net. A ver se alguém me vende um, que não tenho nenhum...


Um abraço forte e amigo
Francisco

jorge vicente disse...

Olha quem aqui está!!!

Eu acho que é um livro fantástico e todos os elogios são merecidos!

Um grande abraço!
Jorge