26.5.09

"Com Sara na Distância" (eugénio outeiro)



(pintura de jean-baptiste-camille corot, "marietta, dite l'odalisque romaine", 1843)


"este esvarar de areia sobre as costas
estes finos tremores no interior do braço
este formigueiro no peito feito de coração
este voar das borboletas na barriga
são as carícias que colho das ausências
é a minha forma de fazer o amor
mas na distância" (1)

eugénio outeiro



(1) OUTEIRO, Eugénio - Com Sara na distância. Sítio. Torres Vedras. ISSN 1646-1355. Nº 2 (Janeiro 2006), p. 5.

8 comentários:

Arabica disse...

Jorge,

bela, a imagem que o poema nos inspira.


Um abraço.

Clarinhaaa disse...

Jorge...
saudades daquiiiiiiiiiiii....

muito bom.
"carícias que colho das ausências"

aiai...

bjs

luisaataide disse...

Grata pela visita, v. é muito gentil.
luisa ataide

Manuel L. Rodrigues disse...

lembra-me (a pintura) a Ingres.

Ruela disse...

Bela imagem!


Abraço.

jorge vicente disse...

muito, muito obrigado, arabica.

um grande beijinho
jorge

jorge vicente disse...

ora essa, cara luísa.

um grande abraço
jorge

jorge vicente disse...

sem dúvida, ruela!

grande abraço
jorge