20.12.08

o paciente de cancro, II



(fotografia de cindy sherman, "untitled #153", 1985)


"A determinada altura, contudo, normalmente no final da adolescência, o futuro paciente apaixona-se, arranja um ou dois amigos chegados, consegue um emprego que o satisfaz verdadeiramente ou alcança de outra forma algum grau de felicidade de base exterior ao seu. É incapaz de se atribuir qualquer mérito por essa evolução. Parece pura sorte, mais do que merece, mas por enquanto está tudo bem. Em adulto, continua a caracterizar-se por uma má imagem de si próprio e passividade em relação às suas próprias carências, mas demonstra uma devoção extrema pela outra pessoa, causa ou grupo que se tornou a sua vida.

Mais cedo ou mais tarde - podem ser alguns anos, podem ser décadas - o significado externo desaparece. Os amigos mudam-se, o emprego desaparece ou torna-se menos satisfatório, o cônjuge amado parte ou morre. Estas mudanças acontecem a todos nós e são sempre dolorosas, mas para quem tenha posto todos os ovos no mesmo cesto a perda é incapacitante. Mas normalmente não aparenta sê-lo. Os outros acham que ele está a «reagir muito bem», mas no íntimo existe um vácuo. Todos os velhos sentimentos de indignidade regressam em força e perde-se toda a sensação de significado na vida.

Normalmente a rotina continua. Sendo um dador compulsivo desde a infância, o futuro doente canceroso continua a cumprir os rituais com quem quer que tenha permanecido na sua vida, até se esgotar e exaurir. Ouço repetidamente amigos e familiares dizerem: «Ele era um santo. Porquê ele?». A verdade é que predominam pessoas compulsivamente dignas e generosas nos doentes de cancro porque põem as necessidades dos outros acima das suas. O cancro pode ser designado a doença das boas pessoas. No entanto, são «boas» pelos padrões das outras pessoas. São amantes condicionais. Dão só para receberem amor. Se não forem recompensados pelo que dão, ficam mais vulneráveis à doença que nunca. Geralmente, manifesta-se no espaço de dois anos a partir do momento em que o seu esteio psicológico desaparece." (1)

bernie s. siegel


(1) SIEGEL, Bernie S. - Amor, medicina e milagres. 1ª ed. Lisboa: Sinais de Fogo, 2004. ISBN 972-8541-47-3. pg. 135, 136.

7 comentários:

isabel mendes ferreira disse...

mil beijos menino das palavras....


.




um feliz natal...

Mª Dolores Marques disse...

Da minha janela aberta para o mar
Invento o novo céu dos poetas....


Um céu onte te encontras em vivências paralelas, na construção de sonhos, onde tudo és e fazes acontecer




Dolores

M. disse...

Olá Jorge!

Sempre a trazer-nos a qualidade arrebatadora de Siegel. Tinha saudades de vir ler-te, que estes exertos que escolhes atingem-me profundamente. A doença das boas pessoas.. bernie siegel tem mais do que genialidade, tem a sensibilidade única que lhe dá uma luz especial sobre os acontecimentos que ocorrem numa vida.. não sei se me fiz entender..

Um beijo grande Jorge.

jorge vicente disse...

pois fizeste-te entender. e estes excertos também me tocam profundamente, não só por causa das pessoas que conheci, mas também de mim (e de nós todos).

vivemos numa sociedade que provoca cancros, que não nos deixa ser quem realmente somos, alimentando a depressão e a angústia. falo por mim porque já fiz muitos disparates, já escondi certos sentimentos que não deveria ter escondido. tudo isso provoca doenças porque debilita o nosso sistema imunitário (diz bernie siegel), prejudicando as nossas emoções e alimentando doenças. a própria medicina alternativa (como a acunpuntura é à base disso).

por isso, o que nos pode fazer mudar: partilhar os nossos sentimentos, viver, viver, viver. dançar, dançar, dançar.

um beijinho
jorge

Ruela disse...

Feliz Natal, bom 2009.




Abraço.

Menina_marota disse...

O "cancro" daqueles que não têm olhos para ver, nem sentidos para amar...

Na transparência do meu partilhar e olhar o mundo, desejo um Feliz Natal, cheio de sentimentos que cada vez sejam mais brancos de puros.

Beijinho e tudo de BOM ;)

Carla disse...

gostei imenso de ler

passei para desejar
_________________Paz
_______________União
______________Alegrias
_____________Esperança
____________Amor Sucesso
___________Realizações Luz
__________Respeito harmonia
_________Saúde solidariedade
________Felicidade Humildade
_______Confraternização Pureza
______Amizade Sabedoria Perdão
_____Igualdade Liberdade Boa sorte
____Sinceridade Estima Fraternidade
___Equilíbrio Dignidade Benevolência
__ Força Tenacidade Prosperidade Reconhecimento
_______________!!!!
_______________!!!!
_______________!!!!

beijos e FESTAS FELIZES