29.10.08

o sucesso de um médico?



(quadro de andré derain, "buste de femme au châle", 1925)


"No início dos anos 70, após mais de uma década de exercício de cirurgia, achava o meu trabalho muito doloroso. Não era um caso típico de esgotamento; conseguia lidar com os problemas infindáveis, a intensidade do trabalho e as decisões constantes de vida ou de morte. Mas tinha sido treinado para pensar que toda a minha tarefa era fazer coisas de uma forma mecânica às pessoas para que elas melhorassem, para lhes salvar a vida. É assim que é definido o sucesso de um médico." (1)

bernie s. siegel



(1) SIEGEL, Bernie S. - Amor, medicina e milagres. 1ª ed. Lisboa: Sinais de Fogo, 2004. ISBN 972-8541-47-3. pg. 31.

4 comentários:

M. disse...

Não imagino o que é estar na pele de um médico, em certas situações em que se está de mãos atadas ou simplesmente se ignora o rumo a tomar. O cometer erros e sofrer por isso, a responsabilidade de uma vida nas mãos... que muitos não têm. Raros são os de sucesso porque não aspiram a ele mas ao bem estar do doente acima de tudo.

beijinho

jorge vicente disse...

Marta,
raros são os médicos que colocam a pessoa em frente do doente. E colocam a prática da cura em frente de estatísticas e "casos interessantes".

Provavelmente, ficaram assaltados por esse terrível defeito que temos hoje: medo de amar.

um beijinho
jorge

Carla disse...

não me parece que seja fácil definir o que é o sucesso de um médico...muitas vezes um aparente insucesso pode estar na base de um trabalho exaustivo e muito cansativo por parte do médico
beijos

jorge vicente disse...

concordo. mas, também concordo que um sucesso ainda maior é quando aprendemos a respeitar os nossos doentes e a amá-los, na nossa maneira, claro.

um abraço a todos
jorge