9.6.08

novamente o amor



(fotografia de kelli connell, "convertible kiss", 2002)

"o que é o amor?

é um sentimento que não tem condições, nem limites, nem necessidade. uma vez que não tem condições, não requer nada de modo a ser expresso. não pede nada em troca. não se retracta como forma de retaliação. uma vez que não tem limites, não estabele limites a ninguém. não conhece fim, é eterno. não conhece fronteiras nem barreiras. uma vez que não tem necessidade, não procura tomar nada que não seja voluntariamente oferecido. não procura reter nada que não pretenda ser retido. não procura dar nada que não seja suavemente aceite. e é livre. o amor é livre, pois a liberdade é a essência de deus, e o amor é deus, expresso." (1)

neale donald walsch



(1) WALSCH, Neale Donald apud SOUSA, Vitorino de - Manual da leveza: visita de médico ao chacra raíz. Carcavelos: Angelorum Novalis, 2004. ISBN 972-8680-93-3. pg. 37.

4 comentários:

alice disse...

:) era bom que realmente o amor fosse tudo isso, jorge. um beijo *

M. disse...

tanto por dizer jorge
na sua forma pura
Eros
Phylos
Agape

tanto que envolve o amor quando ele é simplicidade.

Beijo para ti

Bandida disse...

é o amor incondicional. o amor.




beijo meu

jorge vicente disse...

o verdadeiro amor é sempre simples

ainda que eu fale a fala dos anjos...

um beijo azul
jorge