20.7.07

In Nomine


(quadro de Paulus Potter, "Cattle and sheep in a stormy landscape", 1647)

7.

o casario estendia-se muito para além do silêncio das casas. era noite e a madrugada adormecia os homens, pequenos pontos vermelhos que iluminavam a grande noite alentejana. o vento carpia nuvens de fogo, alimentado por corpo de trovoada, que circundava os homens. e as suas paredes de cal, construídas quando o sol ainda era pleno e a grande estrela do oriente iluminava silves, a bem-amada.

o casario estendia-se e a queimada carpia no incêndio de deus, mais antigo que as casas, mas submisso ao amor e à memória.

Jorge Vicente

2 comentários:

aida monteiro disse...

um abraço, jorge.

vou passando, às vezes
em silêncio. agora,
algumas imagens, algumas
paredes de cal...

gostei muito
deste texto e sobretudo:

«e a queimada carpia no incêndio de deus, mais antigo que as casas, mas submisso ao amor e à memória.»

Camarada Choco disse...

Divulgação

Tenho um Blog com Estórias que agora virou Livro!

www.camaradachoco.blogspot.com