11.3.10

em homenagem ao sertão brasileiro: o filme aruanda (1960) de linduarte noronha

partilho com vocês um filme que me foi recomendado pelo poeta antónio adriano de medeiros, o rei do cordel brasileiro (ou um dos reis). o filme chama-se aruanda e é um dos marcos do cinema novo brasileiro. foi realizado por linduarte noronha em 1960.

8 comentários:

isaias de faria disse...

esse filme deve ser massa mesmo! valeu a dica jorge. abraço.

jorge vicente disse...

é massa mesmo, muito interessante. é um documentário.

grande abraço
jorge

Antonio Adriano de Medeiros disse...

Amigo Jorge,

Agradeçendo a coroa, ou uma delas, louvo sua cultura expressa na riqueza de seu blogue.

Queria só dizer um pouco da trilha sonora de Aruanda: aquela música que se ouve nos créditos, onde se diz isso ma dá trabalho pra ler, é o batuque original dos Negros do Rosário, que ainda hoje resiste no sertão.

Logo no início se ouve ainda a por aqui conhecidíssima canção de domínio público:

"Ô mana , deixe eu ir!
ô mana, eu vou só!
Ô mana deixe eu ir
pro sertão do Caicó!

Eu vou cantando
com aliança no dedo
que eu aqui só tenho medo
do mestre Zé Mariano.

Mariazinha
botou flores na janela
pensando em vestido branco,
véu e flores na capela.

Ô mama deixe eu ir..."

Todo o restante da trilha sonora é dos Negros da Irmandade do Rosário.
O "sertão do Caicó", para alguns Seridó, para outros Sabugy, é onde fica a Serra do Talhado,sede do quilombo fundado por Zé Bento.

Abraço,
Antônio Adriano de Medeiros

jorge vicente disse...

Obrigado, Adriano.

É por isso que eu gosto de te ler: os teus cordéis, aquilo que tu transmites. Conheci "Aruanda" através de ti e, agora, ficam os poemas gravados, as imagens gravadas, as sensações gravadas.

Isto é cultura que vai além de um continente.

Um grande abraço
Jorge

sonia regina disse...

Jorge, querido,
Um beijo grande pelo fabuloso blog.

jorge vicente disse...

Obrigado, querida Sónia.

Beijos mil para você!
Jorge

Anónimo disse...

Estive aqui e revi "Aruanda" de Linduarte Noronha. Gostei muito do seu blog. É lindo. Parabéns. Um detalhe: eu não falo Inglês. Mas, peço autorização para publicar seu texto (que você traduziu e me mandou em PVT), no meu blog. Saludos. Maria José Limeira.

Jesus Carlos disse...

Este destaque ficaria excelente no MILhafre, merece divulgação.

Abraço.