24.4.09

hierofania dos dedos



(fotografia de arno r. minkkinen, "self-portrait, banks, oregon", 2005)


aquele que escreve no limiar do fogo vive apenas na certeza das mãos. são elas que dizem da hierofania maior: a que parte do rosto e descende à altura dos dedos, como se o homem-outro fosse uma extensão do rosto e das pétalas salientes da pele.

aquele que diz é apenas quem diz. e quem pronuncia as três verdades do som: o om, a sílaba, a palavra. verso algum poderá existir que não aspire ao ventre das mulheres.

jorge vicente

3 comentários:

Ruela disse...

bela foto!

muito bem acompanhada.


Abraço.

Mª Dolores Marques disse...

Ommmmm...Eu sou a mulher

Que te vem desejar um óptimo Domingo...

Gostei muito do texto

Bjs

Dolores

TMara disse...

jorge, vou "roubar-to" para colocar na nova casota
http://tmarts.wordpress.com
no capítulo destinado aos textos de 3ºs.
Um prazer.
Bjs
Luz e paz