16.5.08

the sahara



(fotografia de roberta bondar, "dune shadow", 2003)

"the sahara is allah's own garden, where he banned all superflous human and animal life, that there is a place, where he can walk in peace" (1)

(old sahraouian proverb)



(1) retirado do cd sahrauis: the music of the western sahara, de 1999.

4 comentários:

A Mesa de Luz disse...

Este entra na categoria: gostava de ter postado isto... beijinho e boa sorte para hoje.

M. disse...

(...) Eu porém, conheço a solidão. Três anos de deserto bem me ensinaram o seu sabor. Mete-se porém pelos olhos que longe de nós, o mundo inteiro é que envelhece.
Se à primeira vista o deserto não passa de espaço vazio e silêncio, é porque ele não se entrega aos amantes de um só dia.

Aceitamos as regras do jogo eo jogo forma-nos à sua imagem. Em nós é que o Sahara se manifesta. Abordá-lo não é de forma alguma ir visitar um oásis. Abodá-lo é fazer de uma fonte a nossa religião.

(...) O que me enche de uma alegria bárbara é ter compreendido por meias palavras uma limguagem secreta, é ter farejado uma pista, como um selvagem para quem todo o futuro se anuncia por fracos rumores, é ter lido a cólera no bater das asas de uma libélula.

(A St. Exupéry - Terre des Hommes"

sinhã, a. disse...

e em liberdade. :-)

jorge vicente disse...

ah antoine de saint exupery,

tão presente nas areias do sahara e na literatura mundial.

obrigado por teres trazido as palavras deste grande mestre!!

um forte abraço
jorge