4.5.08

ressurreição vs. reencarnação, segundo allan kardec



(quadro de andrea bowers, "excerpts from the aids memorial quilt (block 5600)", 2007)

"efectivamente, a ciência demonstra a impossibilidade da ressurreição, segundo a ideia vulgar. se os despojos do corpo humano se conservassem homogêneos e reduzidos a pó, ainda se conceberia que pudessem reunir-se em dado momento. as coisas, porém, não se passam assim. o corpo é formado de elementos diversos: oxigênio, hidrogênio, azoto, carbono, etc. pela decomposição, esses elementos se dispersam, mas para servir à formação de novos corpos, de tal sorte que uma mesma molécula, de carbono, por exemplo, terá entrado na composição de muitos milhares de corpos diferentes (falamos unicamente dos corpos humanos sem ter em conta os dos animais); que um indivíduo tem talvez em seu corpo moléculas que já pertenceram a homens das primitivas idades do mundo; que essas mesmas moléculas orgânicas que absorveis nos alimentos provêm, possivelmente, do corpo de tal outro indivíduo que conhecestes e assim por diante. existindo em quantidade definida a matéria e sendo indefinidas as suas combinações, como poderia cada um daqueles corpos reconstituir-se com os mesmos elementos? há aí impossibilidade material. racionalmente, pois, não se pode admitir a ressurreição da carne, senão como uma figura simbólica do fenômeno da reencarnação. e, então, nada mais há que aberre da razão, que esteja em contradição com os dados da ciência" (1)

allan kardec




(1) KARDEC, Allan - O livro dos espíritos. 90ªed. Brasília: Federação Espírita Brasileira, 2007. ISBN 978-85-7328-086-9. p. 529, 530.



para quem não acredita...

6 comentários:

M. disse...

Não há a mínima hipótese de se dar um fenómeno que a Ciência não possa explicar? Não necessariamente a ressureição, mas algo que se desconheça. Para além de que os homens não ressuscitam, jazem na terra, em ossos ou pó. A outra Ressureição que eu saiba ninguém a soube "matar", ainda.


Por acaso, deste ontem que te leio acho este autor interessante..

jorge vicente disse...

acredito na reencarnação e não acho que a ciência esteja assim tão longe da explicação.

mas, quem sou eu para explicar: de cientista, só tenho o prazer de ver alguns programas de televisão e a dúvida... sempre a dúvida.

Anónimo disse...

ACREDITAR NA REENCARNAÇÃO É TER PAZ NO CORAÇÃO,É VER QUE DEUS É PERFEITO,QUE A MORTE NÃO É O FIM É SIM MAIS UM COMEÇO.
SE NÃO FOSSE ASSIM A VIDA DE CADA UM DE NOS NÃO TERIA SENTIDO.

jorge vicente disse...

:)

lana disse...

Creio que a reencarnação seja um presente de Deus, pois nos dá a oportunidade de conhecer Jesus em pelo menos uma de nossas existência.
Imagine aqueles irmãos que tiveram a infelicidade de nascer antes de Jesus, estes estariam condenados ao inferno para sempre, se fosse assim estaríamos afirmando que Desus não é justo, pois privilegia uns ( os que nasceram depois de jesus) enquanto que outros não. Uma única existência tira de Deus uma de seus miores adjetivos a misericórdia.

jorge vicente disse...

concordo plenamente contigo, lana e é por isso que acho que os maiores torcionários da história têm sempre oportunidade de se redimir mais tarde, numa outra encarnação, embora seja um caminho duro e difícil.

a misericórdia do Universo é infinita.

um grande abraço
jorge