9.1.08

Prémio Escritores da Liberdade




O Beja, do Lumife, decidiu distinguir o meu blog com o Prémio Escritores da Liberdade. Fiquei muito contente com a distinção, embora ache que existem outros blogs tão merecedores como o meu. Não sei se irei seguir as regras que, normalmente, obrigam o distinguido a passar o título a 10 blogs.

Eu apenas vou enviar a quem realmente é escritor da liberdade.

1 - A Tradução da Memória, pela liberdade das palavras.

2 - Bandida, pela poesia em liberdade.

3 - Piano, pela liberdade da beleza.

4 - Ana Freire, pela liberdade em estado puro e fofo.

5 - A Voz que não se cala, pela liberdade de ser autêntica.

6 - Isabel Refacho, pela liberdade que a biodanza traz. E pela tua amizade.

7 - A Teia de Aranha, pela liberdade de seres quem és. E pela tua força das palavras e amizede.

8 - Mesa de Luz, pela liberdade de seres quem és. E por seres especial.

9 - Pontapé nos Colhões, pela liberdade de dares um pontapé nos tomates de toda a gente. E imensa liberdade, sem falsos pudores.És uma pessoa fantástica.

10 - Xavier Zarco, pela tua simplicidade e pela liberdade que a poesia assume em todos os teus gestos.

Olha, ficaram 10! Os Deuses fizeram o trabalho bonito! Gozem bastante destes prémios, que vocês bem o merecem!

Jorge Vicente

6 comentários:

ana maria costa disse...

Jorge e tu mereces o prémio pelo coração puro e lindo.

Bom Ano amigo

Anónimo disse...

grata. Jorge.



muito.

Mas Tu sim.

mereces. mesmo!!!!!



_______________________.


beijo.


piano/.

Bandida disse...

o teu prémio. o da constante emoção de seres dos outros.


obrigada, Jorge!

um daqueles beijos é para ti!

B.

José disse...

jorge
grato pela referência.
um forte abraço para ti.

alice disse...

e porquê que o menino tem o telemóvel desligado? queria muito agradecer os teus comentários na tradução e o prémio que me dedicas :) és um doce! adoro-te *

A Mesa de Luz disse...

eu sou uma bestinha total e completa, só agora é que vi! um beijo meu querido poeta, que sejas sempre sempre como és.