20.5.07

O Caimão de Nanni Moretti (2006)


(imagem de O Caimão, de Nanni Moretti)

O Caimão (Il Caimano) de Nanni Moretti centra-se sobre a construção de um filme. Um filme sobre o político italiano Silvio Berlusconi, um verdadeiro caimão da política, alguém que, em proveito próprio, serviu a política e os interesses dos grandes grupos económicos. Berlusconi: o empresário e o proprietário de um grande grupo de comunicação. Berlusconi: o político do dinheiro e da corrupção.


Esse é o mote do filme, a razão pela qual o filme foi feito apesar da visão de Nanni Moretti ser um pouco mais pessimista porque não acredita nem na direita nem na esquerda. Que solução para a Itália e para a política italiana? O que haverá para além do poder de Berlusconi? Provavelmente, o poder que possa haver é um poder que não se compadece com os ideais da massa popular, a tão falada opinião pública. Provavelmente, o poder não se dará conta dos filmes que se fazem em amor à verdade, em amor à dignificação da política e da arte. Neste filme, o realizador é um realizador sem destino, que há mais de 10 anos, não realiza qualquer filme. Longe, estão os tempos em que filmava quase consecutivamente filmes de acção, um pouco políticos talvez, mas essencialmente filmes de baixo orçamento para o público se divertir. Até que alguém abre os seus olhos e lhe dá um guião sobre Berlusconi.


E, a partir daí, o realizador imaginário e Nanni Moretti estabelecem um diálogo interessante. Mesmo que Berlusconi conseguisse impedir o realizador-personagem de fazer o filme, sempre ficaria Moretti para contar a história.


Jorge Vicente

2 comentários:

isabel mendes ferreira disse...

enorme abraço. Jorge....!

alice disse...

subscrevo a isa. duplamente ;)*